Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

19
Jun 09

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 A Câmara Municipal de Braga está "interessada e disponível" para integrar o projecto da candidatura ibérica ao Mundial de futebol de 2018 ou 2022, revelou Mesquita Machado.


O autarca foi contactado pelo presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Gilberto Madail, que recebeu de Mesquita Machado a total disponibilidade para se aliar à candidatura e disponibilizar uma solução para adequar a lotação do Estádio Municipal de Braga às exigências da FIFA.


"Já tive uma conversa com o presidente da FPF e transmiti-lhe que estamos perfeitamente disponíveis para participar nesse evento e colaborar com as nossas instalações", afirmou o responsável.


O novo recinto tem capacidade para 31.000 lugares, mas os requisitos da FIFA para as candidaturas a um Mundial fixam um mínimo de 40.000 cadeiras, exigência que Mesquita Machado diz ser "exequível e ultrapassável, sem grandes custos".


"Essa exigência é perfeitamente possível de ser contornada. O estádio tem capacidade para 31.000 lugares, mas pode ser instalada uma bancada suplementar no topo Norte para resolver essa questão", explicou o autarca.


Braga junta-se, desta forma, a Faro e Loulé, outros dois municípios, que repartem a gestão do Estádio Algarve, que já transmitiram a disponibilidade em integrar também a candidatura de Portugal e Espanha ao Mundial de 2018 ou 2022.


Tal como terá de suceder com o Estádio Municipal de Braga, também o Estádio Algarve, actualmente com capacidade para 30.000 lugares, teria de ser alvo de uma ampliação, que substituiria as bancadas provisórias dos dois topos do recinto.


Caso Braga e Algarve avancem, Portugal passaria a ter cinco estádios "elegíveis" para a candidatura com Espanha, com os dois recintos a juntarem-se à Luz (65.000), Alvalade (50.000) e Dragão (52.200), até ao momento os três únicos recintos lusos que respeitam os critérios da FIFA.


No plano ibérico, a oferta alargar-se-ia para um total de 14 estádios com capacidade para integrar uma candidatura e ofereceria ao lado português uma projecção do território de Norte a Sul
».

 

publicado por paradiselost às 10:30

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
20

21
24
25
26
27

28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO