Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

10
Jul 05
Render-se aos ditâmes do terrorismo não é uma opção. O povo inglês deu um sinal claro de como uma sociedade deve combater este tipo de guerra obscura, sangrenta e ignorante. Apesar do número de vítimas, do sofrimento e de todas as interrogações que os governantes e entidades responsáveis pela segurança dos países se devem colocar, a verdade é que este ataque foi a primeira grande derrota do terrorismo.
A intervenção digna e cautelosa da comunicação social de terras de Sua Majestade também teve influência e contribuiu para mostrar ao mundo um país capaz de enfrentar todos os medos que o terrorismo provoca.
Alguns comentadores nacionais realçaram o exemplo da intervenção da comunicação social inglesa para criticar os meios portugueses e o estilo "Big Brother" que praticam quando existe uma situação de crise. Têm razão. Mas... talvez... não toda... O facto é que os responsáveis pela gestão das situações de crise são uma peça fundamental para o controlo adequado da situação, e nisso sabemos que os ingleses são exímios. Não houve demagogia, houve sentido prático, e muito bom-senso. Tudo o que falta aos nossos governantes e responsáveis.
Contrariamente ao que se diz, não foi suficiente os governantes ingleses pedirem aos jornais, às televisões e a todos os outros meios que cuidassem da comunicação sobre a crise, que compreendessem a gestão informativa do Governo - isso seria interpretado como um mecanismo de pura e dura censura. A solução do problema foi apresentada como um desígnio nacional. Será que a comunicação social portuguesa, com os seus tiques, compreenderia?

Marco Freitas
publicado por Marco Freitas às 12:01

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Julho 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
28
29
30

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO