Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

25
Jan 07
Alguém rompeu com o bloqueio que proibia, especificamente, o uso de telemóveis durante todo o processo da aplicação da sentença de morte. Um
bloqueio, como todo o mundo pode verificar, que não foi cumprido...
A quem interessaria a divulgação da execução “legal” da Saddam Hussein? Que vantagens poderia ter o actual governo de Bagdad com tal macabra exibição? Qual o contributo que a morte do ex-tirano e consequente publicitação trouxe ou poderia ter trazido à pacificação do país? O governo iraquiano anunciou a abertura de um inquérito ao processo de execução e aos soldados presentes. A convicção do Governo é que a sua divulgação contribuirá fortemente para o aumento do sectarismo e da intraquilidade no país. Para além disto, também merece uma crítica muito forte a exploração prévia da comunicação social ocidental sobre a possível divulgação da execução do ex-tirano como que incentivando precisamente aquilo a que viemos a assistir. Aliás, a reprodução posterior nos meios de comunicação tradicionais do video produzido durante a execução veio confirmar a vontade prévia de expôr aquela situação macabra. Em alguns casos por motivos políticos noutros devido aos "apelos" das audiências.
publicado por Marco Freitas às 09:31

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Janeiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO