Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

07
Dez 07
Onde está a campanha de comunicação e imagem que dizia-se ser necessária para criar uma maior empatia do continente com a Madeira?
A pergunta coloca-se porque, para além de preocupar-se com as questões da realidade social madeirense em geral, este blog procura estar atento às problemáticas que envolvem processos de comunicaão, tanto no plano puro das relações públicas como ao nível da imprensa.
A Madeira é um desses casos, dessas problemáticas, como bem disseram ainda este ano altos representantes do Governo da Região e do partido que o sustenta.
Por isso, onde está a campanha que defenderam ser necessária? É difícil de concebê-la? Certamente. É dispendiosa. Sem dúvida. Ainda assim, a necessidade impera... E. como tudo na vida, a necessidade aguça o engenho. Ou, entretanto, chegou-se à conclusão de que a campanha era um excedente da imaginação..?
A "declaração de paz" que Jardim fez depois de vitorioso nas eleições bastou para abrir caminho a um novo rumo nas relações com a governação do continente?
O problema é mais profundo. Se é verdade que o actual governo é hostil à Madeira - como atesta a inversão de posição em relação à defesa das vantagens que o IVA da Região apresentava internacionalmente - também se confirma que na população continental em geral há uma percepção deturpada da vida na Madeira, do seu desenvolvimento e da forma como vivemos o país.
Para defender a Madeira no futuro de governos hostis, deste ou de outro partido, não será melhor começar a gerar uma imagem mais favorável na população nacional, começando por tirar partido das ideias favoráveis que já existem e que resultam das muitas pessoas que nos visitam? É altura de pensar a sério nisto.
publicado por Marco Freitas às 16:04

Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
15

16
17
18
19
20
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO