Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

17
Fev 08
Na análise aos títulos para determinar qual a participação dos principais actores da campanha, individuais ou partidários, a tendência anterior em relação a Jardim manteve-se, ou seja, tanto no JM como no Diário foi dos actores mais referidos nos títulos.
No Diário, Jardim e o PSD arrancaram 48 referências em títulos e a dupla oposta, PS e Serrão, 34 referências. Em termos individuais, Serrão só mereceu 7 referências em títulos, o mesmo número no DNM e no JM, e o PS 27 referências, o máximo entre os dois jornais.
Uma nota de referência para apontar que o PSD mereceu muito menos referências em títulos no JM do que no Diário: 23 contra 8. Outra nota de interesse é que o Movimento Partido da Terra foi o único dos partidos considerados pequenos que ultrapassou a duas dezenas de referências nos títulos, o que aconteceu no Diário.
publicado por Marco Freitas às 10:43

Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO