Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

07
Mai 08
Um dos temas que mereceu e tem ainda merecido a mais intensa atenção da imprensa nacional e regional é o combate partidário do PSD.
A balbúrdia interna do partido atraiu a comunicação social, sempre sedenta de novidades, de polémicas e de guerrilhas partidárias. Porém, a nota particular que o blog hoje quer deixar está relacionada com o tratamento dado pela comunicação social a Alberto João Jardim, que foi apontado pelo próprio partido como um dos possíveis candidatos à liderança.

A personalidade de Jardim não tem colhido uma imagem muito favorável junto da imprensa nacional, até porque um dos alvos políticos de AJJ costuma ser precisamente a imprensa nacional. Aliás, basta rebobinar o ataque desferido pela imprensa e pelos comentadores (muitos deles jornalistas) aquando da visita de Cavaco e da célebre declaração sobre “a casa de loucos” referindo ao Parlamento Regional.

Contudo, o Jardim que apareceu no Conselho Nacional do PSD parecia merecer uma outra atenção dos media… Afinal, havia quem lhe desse como candidato à liderança do partido, sabendo-se da existência de alguns apoios de vulto… A ebulição foi total. E entre o espanto, a descrença e a crítica barata e pouco fundamentada vi um maralhal de jornalistas a perseguir o tão reprovado político nacional, ávidos de declarações, de um momento íntimo com Jardim, de uma confissão… Sinceramente… Achei a cena surrealista…

Mas a ideia mais imediata que se me ocorreu é de que muito provavelmente o jornalista nacionais desejaram – por ínfimos momentos que fossem – Jardim como líder do PSD para poderem explorar um cenário político totalmente diferente, inesperado, mais dinâmico e, sem dúvida, editorialmente mais atractivo e, consequentemente, mais apelativo às audiências. Jardim na liderança do PSD nacional iria fazer milagres pela saúde financeira de muitos jornais do continente.
E quem sabe também não resolveria alguns assuntos pendentes na Madeira, como o caso da sua sucessão… Se calhar tivemos um cenário ideal que o líder regional deixou passar…

*astrisco*
publicado por Marco Freitas às 16:51

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO