Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

10
Nov 08
WAN.gif

Um estudo levado a cabo na Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, concluiu que os programas de educação para os média ajudam os estudantes a ler criticamente as notícias, mas frequentemente deixam-nos ignorantes ou cínicos acerca do papel essencial que uma imprensa livre desempenha numa sociedade democrática.

“Todos os indivíduos numa sociedade ocidental dependem dos média para obter informação local e global. Temos de adoptar e adaptar essa informação para nos tornarmos cidadãos mediaticamente conscientes. Só então serão visíveis os verdadeiros benefícios da educação para os média”, sublinha Paul Mihailidis, director da Salzburg Academy on Media and Global Change e coordenador da investigação.

As conclusões do estudo foram apresentadas durante um seminário promovido pela Associação Mundial de Jornais (WAN), organização que tem ajudado a UNESCO a desenvolver um currículo que ensine aos estudantes a importância da liberdade de imprensa para uma cidadania activa.

Fonte: SJ
publicado por Marco Freitas às 18:14

Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
14
15

16
22

23
25
29



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO