Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

13
Nov 08
untitled.bmp

Representantes de vários operadores debateram o futuro do audiovisual


"A TVI parece um único programa de manhã até à noite", disse ontem Nuno Artur Silva, director das Produções Fictícias, no Congresso das Comunicações, na conferência com o tema "A nova televisão: faça você mesmo".

O responsável explicou melhor a sua ideia ao DN. "O modelo de sucesso da TVI é pensado para um público que só vê televisão", ou seja para pessoas mais idosas ou donas de casa, aquelas "que, na sua esmagadora maioria não se dispersam na Internet à procura de novos programas". "Numa altura em que as coisas mudam tecnologicamente eles ficaram com o público tradicional", acrescentou.

Do lado da TVI, José Louro, do Grupo Media Capital (que detém a estação) respondeu: "Temos vários programas líderes em várias temáticas, dizer que é um programa único é exagerado."

Já Nuno Bernando, responsável pela produtora BeActive, falou sobre a dicotomia televisão/Internet. "Há uma nova geração de consumidores de séries porque as tem no computador."

O responsável defendeu que "a lógica de modelo territorial não faz sentido porque o consumidor quer ver ao mesmo tempo o que o colega americano, que conheceu no Hi5, vê nos EUA".

Nuno Artur Silva deixou uma questão no ar: "qual é o valor da televisão do futuro e em que as operadoras se vão distinguir?". Os representantes da Zon, André Almeida, da Meo, Vera Pereira e da Clix Smart, Susana Barbato falaram em questões de qualidade, de experiência pessoal do consumidor e de velocidade oferecida, mas Nuno Artur Silva responde a si mesmo: "aquilo que será a distinção é a capacidade de gerar conteúdo diferenciado".

O director reconhece que TVI já iniciou este processo com a produção nacional, mas... "as novelas são indiferenciadas, a única coisa que muda é a cor do sofá".

Fonte: DN
publicado por Marco Freitas às 17:43

Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
14
15

16
22

23
25
29



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO