Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

07
Dez 09

ev_tv.jpg

A EV | Essência do Vinho lançou um canal de televisão difundido via Web e totalmente dedicado à temática do vinho, gastronomia e eventos enogastronómicos.

 

A Essência do Vinho TV surge como expansão da publicação Wine – a Essência do Vinho, revista mensal lançada em 2006.

O canal assenta numa plataforma desenvolvida pela Otos que permite a transmissão de vídeo em qualidade de imagem superior.

Neste arranque, a Essência do Vinho TV propõe visitas à Herdade do Esporão (Alentejo) e Quinta do Seixo (Douro), vai às compras com o chefe Luís Baena (hotéis Tivoli), cozinha com o chefe Rui Paula (restaurante DOC) e apresenta, em exclusivo, o novo livro de Chakall.

Os utilizadores poderão ainda visualizar e partilhar dicas de enofilia, a preparação de um cocktail à base de Vinho do Porto e ver alguns dos mais recentes eventos produzidos pela EV | Essência do Vinho.

publicado por paradiselost às 09:51

pblico.png

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Público e outros 55 jornais de mais de 40 países de todos os continentes preenchem hoje toda a sua primeira página com um editorial comum dedicado à cimeira de Copenhaga sobre as alterações climáticas.

 

A acção inédita é justificada neste "Editorial de Copenhaga" com a iminência de "uma terrível emergência" para a humanidade.

 

"Se não nos juntarmos para tomar uma acção decisiva, as alterações climáticas irão devastar o nosso planeta, e juntamente com ele a nossa prosperidade e a nossa segurança", lê-se no texto.

 

Quanto às esperanças depositadas na cimeira que hoje se inicia na capital dinamarquesa, o editorial adverte que "os políticos em Copenhaga têm o poder de moldar a opinião da História sobre esta geração: uma geração que encontrou um desafio e esteve à altura dele, ou uma geração tão estúpida que viu a calamidade a chegar, mas não fez nada para a evitar".

 

E acrescenta: "Imploramos-lhes que façam a escolha certa".

 

O Público explica que foi desafiado a participar neste projecto global pelo The Guardian, que lançou a iniciativa por sugestão de várias pessoas envolvidas em questões climáticas.

 

Os jornais em causa pertencem a 44 países da Europa, da Ásia, de África e da América do Norte, Central e do Sul.

 

Entre os 20 jornais de 17 países europeus que aderiram contam-se, além do Público, El Pais (Espanha), The Guardian (Reino Unido), Le Monde e Libération (França), La Reppublica (Itália), Süddeuutsche Zeitung (Alemanha), Hurrieyet (Turquia) e Novaya Gazeta (Rússia).

 

Na Ásia, o editorial está nas primeiras páginas de 16 jornais de 13 países e regiões, entre os quais o Economic Observer e o Southern Metropolitan (China), o Jakarta Globe (Indonésia), The Hindu (Índia) e The News (Paquistão).

 

A mesma atitude foi assumida por 11 diários de oito países africanos, nomeadamente Egipto, África do Sul, Tanzânia, Quénia e Uganda, bem como por nove jornais de sete países americanos, incluindo os Estados Unidos, Canadá, Argentina e Brasil.

publicado por paradiselost às 09:46

Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO