Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

21
Abr 09

Novamente a eleições europeias... A desistência de Sérgio Marques e a crise interna do PS-M foram temas em análise no telejornal do dia 20 de Abril... O CDS-PP e o seu congresso também mereceu algumas palavras de comentário...

 

VEJA AQUI...

 

http://ww1.rtp.pt/multimedia/index.php?tvprog=15790&idpod=24457&formato=wmv&pag=recentes&escolha=

 

 

 

publicado por Marco Freitas às 15:19

No telejornal da Madeira, do dia 13 de Abril, os novos apoio ao arrendamento para famílias com desempregados e as eleições europeias estiveram em debate...

 

VEJA AQUI...

 

http://ww1.rtp.pt/multimedia/index.php?pagURL=arquivo&tvprog=15790&idpod=24218&formato=wmv&pag=arquivo&pagina=0&data_inicio=&data_fim=&prog=15790&quantos=10&escolha=

 

publicado por Marco Freitas às 15:15

 

Existem correntes de opinião que devem ser marcas históricas e, por isso, devidamente registados para mais tarde recordar…
 
Na Madeira, nos dias de hoje, uma dessas badaladas correntes alude à menor capacidade dos madeirenses, em geral, para definir quem quer ver à frente dos seus Governos.
A argumentação é fácil: cola-se à ideia do medo da mudança, à influência subliminar de um partido, ou de vários, a práticas ditas típicas dos regimes ditatoriais. Trinta anos de um partido na liderança política cortam a raiz do pensamento aos madeirenses, ou a outro povo qualquer, tornando-os incapazes de pensar por si e de analisar o que têm à sua frente…
 
Este atestado de incompetência passado amiúde aos madeirenses – o que alguns partidos levam à prática nas noites eleitorais quando dizem que o eleitorado nãos os percebeu – nega desde a primeira hora uma perspectiva essencial: a do exame de consciência, o olhar para dentro, para perceber se tudo foi feito para serem compreendidos e aceites. Afinal de contas, se são assim tão bons e capazes, porque carga de água é que não conseguem convencer uns míseros madeirenses, provincianos, que só sabem fazer a cruz sempre no mesmo quadrado? Para além do mais, este raciocínio é inclusive uma ofensa a todos os madeirenses que não votam sempre PSD ou nunca votaram PSD… E são muitos. Pior, uma ofensa grave àqueles que nunca votaram nos partidos actualmente existentes por entenderem que o nível da política praticado na Região ou no país não merece o seu empenho….
 
Como dizia Scolari, se calhar, “o burro sou eu”. Mas, quando Jardim apoiou Ferreira do Amaral contra Sampaio – e perdeu na Madeira – o povo que deu a vitória regional ao primeiro também foi burro e antidemocrático, atrofiado? Não foi muito daquele povo que também tem votado incessantemente em AJJ? E quando na tribuna dos Barreiros Jardim ouviu uma monumental vaia - quanto a mim mal – não se assistiu ali a uma manifestação livre e espontânea contra uma política protagonizada pelo Governo do PSD? Estamos a falar do mesmo povo que prefere ler um jornal que, como se diz em voz corrente, é a única oposição na Madeira, atribuindo-lhe assim a liderança de mercado há muitas décadas. Mas, repito: “se calhar o burro sou eu..” Por isto tudo, peço desculpa por não ter percebido a dimensão desta realidade…. É que há um povo (!)… E um outro povo !… Aquele que realmente sabe!… Já agora, para os que pertencem ao povo que sabe, o que é que lhes poderemos chamar quando votarem outro partido para liderar a região? É porque isso vai acontecer, mais cedo ou mais tarde… Atestado de incompetência é que não lhes podemos atribuir porque serão parte do grupo dos realmente esclarecidos.
Como fico feliz com estas análises sociológicas e políticas sobre o nosso povo e a nossa Região!!!
 
Aguardo ansioso pela mudança para percebermos aquilo que nos tem feito falta até agora. Ainda bem que teremos uma gestão perfeita da res publica…
Sempre, para mais tarde recordar.
 
astrisco
publicado por Marco Freitas às 15:01

Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
22
25

26
27
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO