Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

03
Dez 08
Jornais.gif

O segmento de imprensa diária portuguesa deverá gerar receitas de 237 milhões de euros em 2012.

A estimativa é avançada pela PricewaterhouseCoopers (PwC) no estudo “Global Entertainment and Media Outlook: 2008-2012” e, a confirmar-se, representará uma taxa anual de crescimento de 0,9% nos proveitos globais deste mercado.

De acordo com os números avançados no estudo, este crescimento será suportado pela evolução das receitas publicitárias, que deverá crescer a uma média anual de 3%, para valores totais na ordem dos 117 milhões de euros em 2012.

Nas edições impressas, a PwC estima que a publicidade cresça 1,9% até 2012, para mais de 99 milhões de euros.

No suporte online, as receitas comerciais dos jornais diários deverão duplicar e atingir valores próximos dos 10 milhões de euros.

Em contraponto, as receitas geradas pela venda em banca e pelas assinaturas deverão recuar 0,9% até 2012, atingindo os 120 milhões de euros.

Uma quebra de 5 milhões face às receitas de circulação previstas para 2008, justificada pela tendência de quebra de vendas que a imprensa diária vem apresentando e que deverá atingir os 2,4% até 2012
publicado por Marco Freitas às 12:34

O Dicionário Jornalístico Português, obra dos Arquivos da Academia das Ciências, foi digitalizado, sob o patrocínio do grupo Impresa, e vai ser apresentado por Francisco Pinto Balsemão, quinta-feira, dia 4, no Salão Nobre da Academia das Ciências, informa a Impresa em nota enviada às redacções.

A obra, da autoria de Augusto Xavier da Silva Pereira (1938 - 1902), é pertença da Academia das Ciências e corria o risco de se deteriorar e perder devido às dificuldades orçamentais para suportar os encargos necessário para a sua preservação.

O presidente da Academia das Ciências, Adriano Moreira, recorreu a Francisco Pinto Balsemão, para salvar a obra, que ajudou à sua digitalização, recorrendo a uma empresa especializada. Ao mesmo tempo, procedeu-se a um trabalho de indexação de todo o conteúdo, executado por um grupo de docentes da Universidade Autónoma de Lisboa, de modo a tornar mais simples e rápida a consulta.

A obra de Augusto Xavier da Silva Pereira está agora eternizada e será divulgada em DVD. Segundo adiantou ao M&P fonte da Impresa, o DVD não terá fins comerciais sendo apenas distribuído em bibliotecas e universidades.

O Dicionário Jornalístico Português é uma obra completa de todas as publicações periódicas editadas no espaço da língua portuguesa entre 1625 e 1889.

São 5.865 páginas manuscritas distribuídas por 13 volumes, onde se faz o levantamento e identificação de cerca de seis mil jornais que circularam em Portugal, Brasil (até à independência) e outros territórios ultramarinos em mais de dois séculos e meio.

A par dos títulos, é também feita uma cronologia da legislação da imprensa portuguesa.
publicado por Marco Freitas às 12:13

FLAD.jpg

O centenário do primeiro curso de jornalismo no mundo, criado em 1908 na Universidade do Missouri, será assinalado em Lisboa a 3 de Dezembro, pelas 18h30, com um debate no Auditório da Fundação Luso-Americana (FLAD).

A sessão contará com as intervenções de Adelino Gomes, jornalista e provedor do ouvinte da RTP, Ana Luísa Rodrigues, jornalista da RTP, Fernando Cascais, director do Cenjor, e Cristina Ponte, directora da revista “Media & Jornalismo” e docente da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (FCSH-UNL).

O debate será acompanhado da apresentação da 13.ª edição da revista “Media & Jornalismo” – publicada pelo Centro de Investigação de Media e Jornalismo (CIMJ) da FCSH-UNL –, também ela dedicada ao centenário do primeiro curso de jornalismo.
publicado por Marco Freitas às 12:07

O Bundesrat, câmara alta do parlamento alemão, chumbou uma lei antiterrorista que previa a atribuição de maiores poderes à Polícia Criminal Federal (BKA) na investigação de crimes graves.

Entre esses poderes estava a possibilidade de exigir material de trabalho a jornalistas, numa clara violação do direito à protecção das fontes.

Lamentando que leis similares à que foi chumbada na Alemanha estejam em vigor na Suécia e no Reino Unido, o presidente da Federação Europeia de Jornalistas (FEJ), Arne König, considerou este chumbo como “uma vitória muito importante para a liberdade de imprensa na Alemanha e na Europa”, agradecendo o empenho dos sindicatos alemães nesta matéria.

Um estudo recente da Privacy International sobre os efeitos da legislação antiterrorista na Europa revelou que estas leis afectaram seriamente a liberdade de expressão nos média, deram um contributo muito fraco para a luta contra o terrorismo e parecem ter sido usadas abusivamente para proteger interesses políticos dos governos.

O referido relatório, intitulado “Speaking of Terror: A survey of the effects of counter-terrorism legislation on freedom of the media in Europe”, está disponível em http://www.privacyinternational.org/issues/terrorism/speakingofterror.pdf
publicado por Marco Freitas às 12:04

No âmbito das comemorações do 25.º aniversário do Clube de Jornalistas, realiza-se a 4 de Dezembro, a partir das 18 horas, no Jardim de Inverno do Teatro Municipal São Luís, em Lisboa, o debate “O futuro dos jornais e das hemerotecas na era digital”.

A iniciativa conta com a colaboração da Hemeroteca Municipal de Lisboa e terá a presença de três oradores: José Luís Garcia (investigador e sociólogo), Álvaro de Matos (historiador e director da Hemeroteca) e José Vítor Malheiros (jornalista do “Público”).

Após as três pequenas comunicações dos oradores, segue-se o debate com a assistência, moderado pelo jornalista Ribeiro Cardoso.

Além do debate, no mesmo dia será inaugurada na Hemeroteca uma pequena mostra da história e das actividades do Clube de Jornalista, que estará patente ao público até final do mês.
publicado por Marco Freitas às 12:02

Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14
15
18
20

21
22
24
25
26
27

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO