Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

28
Out 08
Marco Freitas, comunicólogo e fundador do blog astrisco comunicar iniciou a sua participação como cronista no semanário bracarense O Balcão. A sua participação vem, certamente, enriquecer a publicação com a opinião sobre temas da actualidade, sobre as questões dos media e sobre outras temáticas de relevo.
Quero, desde já, agradecer a disponibilidade do Marco, amigo de longa data, pela aceitação de mais um desafio editorial. Vai dar o seu melhor, disso não tenho dúvidas. Reconhecemos a capacidade do comunicólogo, da sua visão global sobre a actualidade, apesar de radicado no seu Funchal. O "isolamento" atlântico nunca foi um obstáculo para o Marco, sempre soube ultrapassar barreiras físicas e mentais e lançar para o debate temas universais.
Bem-vindo Marco.
Abraço amigo

Co-autor: Jorge Paraíso
publicado por Marco Freitas às 09:40

O Público e a France24 vão estabelecer uma parceria na área de conteúdos de informação vídeo, confirmou ao M&P Pedro Ferreira, coordenador geral do Público.pt. O acordo passa pela disponibilização de conteúdo editorial produzido pela France24 à editoria Público Vídeos, bem como de vídeos da cobertura ao vivo de acontecimentos relevantes do ponto de vista informativo. Os vídeos do canal francês juntam-se assim aos conteúdos provenientes da Reuters e Lusa, assim como da produção própria do jornal, actualmente disponíveis em Público Videos, serviço lançado Novembro do ano passado. “A parceria envolve também o portal Clix, que poderá disponibilizar também conteúdo vídeo France24 aos seus utilizadores no futuro”, precisa Pedro Ferreira. A transmissão ao vivo dos dois debates das eleições às presidenciais norte-americanas e da conferência de imprensa da cimeira Canadá-União Europeia são alguns dos resultados desta parceria já visíveis no site do jornal. Pedro Ferreira não revela valores de investimento, nem precisa o valor de retorno desta iniciativa. “O retorno mais imediato e fundamental que procuramos atingir é a satisfação do leitor do Publico.pt”, diz. “Temos obviamente expectativas quanto ao investimento publicitário em conteúdo vídeo on-line. Apesar deste segmento tardar em ganhar expressão em Portugal é já uma opção clara de investimento publicitário on-line noutros mercados”, acrescenta. “A publicidade associada a conteúdo vídeo, nomeadamente conteúdo informativo vídeo de edição própria, permite não só explorar novos caminhos de comunicação publicitária como também rentabilizar investimento de produção de spots vídeo até agora produzidos para outras plataformas, nomeadamente a televisão”, clarifica. “Acreditamos que é uma questão de tempo até os marketeers nacionais e suas agências identificarem o potencial do segmento e aderirem ao mesmo”, considera.

Fonte: M&P
publicado por Marco Freitas às 09:31

Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
18

19
21
22
24
25

26
27
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO