Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

19
Nov 08
FAF.jpg

A Federação Alemã de Futebol (DFB) lançou “uma campanha de distorção e mentiras” contra o jornalista freelance Jens Weinreich, especialista em política desportiva internacional, acusou a Federação Europeia de Jornalistas (FEJ).

A 14 de Novembro, a DFB emitiu um comunicado que tentava destruir a reputação do jornalista e silenciar as suas críticas à DFB e ao Comité Olímpico Alemão. Segundo o visado, o documento continha 18 distorções ou erros factuais, motivo pelo qual Jens Weinreich está a ponderar um processo judicial por difamação contra a DFB.

O inverso já aconteceu por duas vezes, na sequência de críticas de Weinreich a Theo Zwanziger, presidente da DFB, mas em ambos os processos o tribunal não deu razão às queixas da federação.

O secretário-geral da Federação Internacional de Jornalistas (FIJ), Aidan White, acusa os dirigentes de futebol alemães de estarem a “intimidar um jornalista que denuncia assuntos de interesse público” com o único intuito de “assediar e perturbar o escrutínio devido do que fazem”, o que “sugere que têm muito a esconder”.

Também em Portugal as relações entre o mundo do futebol e o jornalismo andam tensas, com casos recentes de incitação à violência contra jornalistas por parte do presidente do Nacional e a obstrução ao direito de acesso dos jornalistas da Lusa ao Estádio da Luz, para cobrir o jogo do Benfica com o Estrela da Amadora.
publicado por Marco Freitas às 15:30

Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
14
15

16
22

23
25
29



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO