Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

07
Set 11

 

 

(Artigo publicado a 2 de Agosto no DNM) 

 

Jornalismo está ferido. O rastilho foi a polémica do News of the World. Mas, segundo a BBC, outro jornal pode estar envolvido no escândalo. Ambos casos de polícia e de mau Jornalismo, são, principalmente, reflexo de uma sociedade sem norte. Em Portugal, a lista de polémicas a envolver empresas de comunicação social ou jornalistas já é considerável.

 

A abordagem do tema é complexa e polémica, como prova o argumento de que os críticos do Jornalismo são contra a liberdade de expressão. Por isso, de forma telegráfica, proponho algumas questões para reflexão:

 

- Mais do que nunca, o "4º Poder" extravasa o papel de moderador, cria e manipula acontecimentos. A pseudo-verdade veio para ficar?

 

- Andy Carvin, conhecido pela gestão que fez no Twitter da informação dos protestos no Médio Oriente e Norte de África, diz que está a analisar se "é preciso criar um produto final de toda a informação" que recolhe. É o fim dos suportes estáticos?

 

- O aumento da publicidade na NET, a efervescência gerada por blogs, sites e redes sociais (ex.:Wikileaks), são aspectos ainda por assimilar. Renato Póvoas, conceituado blogger, recorda que as "redes invisíveis ganham cada vez mais dinâmica e importância, pois existe muito ruído nos meios de comunicação social".

 

- O jornalismo de cidadão é mais do que o conceito que os media exploraram para valorizar as suas edições online. É a democratização da informação, sem a pressão das estruturas.

 

- Um estudo do OBERCOM diz que, em 2010, a leitura de jornais em várias plataformas caiu 3,5%.

 

Como muitos, posso duvidar da eficácia dos media para estar correctamente informado, mas não da importância do Jornalismo. A viver no fio da navalha, esperava um movimento de reflexão, amplo e rigoroso, sobre o seu papel na sociedade. A agenda está cheia?!

 

Marco Freitas

(artigo publicado no DNM)

publicado por Marco Freitas às 11:41

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO