Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

23
Jun 10

O Google deverá lançar até ao final do ano um sistema de pagamento de conteúdos que permitirá aos utilizadores com apenas um clique aceder a conteúdos pagos e aos editores, através de uma única infraestrutura para web, mobile e tablet, monetizar os seus conteúdos, noticiou a edição online do La Repubblica.

 

A plataforma, ainda em fase de testes, deverá chamar-se Newspass e, segundo o jornal italiano, o Google já estará a contactar os editores para averiguar do seu interesse em participar na experimentação desta plataforma.

 

O serviço, cujos detalhes técnicos estarão ainda a ser definidos, permitirá a compra de conteúdos como notícias, vídeo, áudio ou fotografia, estando acessível na web, nos telemóveis ou terminais como o iPad ou outros tablets, adaptando-se a qualquer forma de pagamento que o editor defina, desde micro-pagamentos ou a sistemas de assinatura.

 

Através de uma pesquisa no agregador Google News os utilizadores recebem resultados de conteúdos pagos e gratuitos. 

 

Se optar por um conteúdo pago, será feita uma cobrança através do Google Checkout.

 

O utilizador não poderá aceder ao conteúdo marcado como pago, caso não efectue um pagamento.

 

O Google irá partilhar a informação com os editores, de modo a que possam averiguar do sucesso do sistema.

 

O Google ainda não confirmou esta informação, mas relembra o blogue PaidContent.org que o sistema descrito pelo jornal italiano apresenta muitas semelhanças com a proposta apresentada pelo gigante de Mountain View à Newspaper Association of America no Outono passado.

 

Em declarações ao PaidContent, o motor de busca refere que, como têm dito noutras alturas “estão em negociações com os editores de modo a encontrar formas de trabalharem em conjunto, incluindo ajudar com tecnologia que impulsione serviços de subscrição que pensem a vir a construir.

 

O nosso objectivo, tal como com todos os produtos Google, é alcançar a maior audiência global possível”.

publicado por paradiselost às 09:50
editado por Marco Freitas em 25/01/2013 às 16:33

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
17
18
19

20
21
22
24
25
26

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO