Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

18
Nov 09

trendwatch.jpg

As conclusões são do “The TrendWatch”, um relatório internacional desenvolvido pelo Grupo Fullsix nos diferentes escritórios da agência em todo o mundo.

 

Apresentado ontem em Lisboa, o estudo aponta "as 10 tendências que irão influenciar o futuro das estratégias de comunicação":

1. Realidade Aumentada – utiliza uma câmara para sobrepor informação virtual à realidade. Esta experiência permite à marca adicionar um sexto sentido na relação com o consumidor.

2. Inteligência Geo-espacial – com o aumento da mobilidade as marcas que proactivamente fornecerem respostas em tempo real sobre um contexto distinguem-se das restantes.

3. Comércio de conteúdos – com a proliferação dos vídeos interactivos os consumidores vão poder comprar itens enquanto assistem aos conteúdos multimédia.

4. Cross-screen  - o universo de media tem vindo a aumentar assim como o número de ecrãs onde a informação está disponível. Para os marketers isto significa que as mensagens terão que estar acessíveis quando, onde e como os consumidores as desejem.
5. Micro-comércio - oferecer bens e serviços em micro-pagamentos pode ajudar uma marca a transformar o comportamento de compra, até agora premeditado em compras impulsivas.

6. Mundo que fala – os objectos poderão ser convertidos em canais de comunicação eficazes, capazes de envolver e interagir com o consumidor.

7. Ground-swell surfing – a velocidade do vento, a duração e abrangência são factores chave para a produção das maiores ondas de surf; o mesmo acontece online: novas tecnologias sociais emergem rapidamente (velocidade), todos os segmentos despendem mais tempo em social networking (duração), em todos os pontos do globo (abrangência).

8. Guerra de dados – se o Facebook fosse um país seria o quarto maior a seguir aos EUA. Em 2011 o universo digital será 10 vezes maior do que era em 2006. Isto significa que as oportunidades para as marcas são imensas.

9. Fremium Model  - é benéfico deixar uma vasta audiência experimentar sem custos, uma oferta de uma marca. Rapidamente, a elevada procura por esses produtos convertem-nos em bens Premium.

10. Long Tail vs DNA – imagine-se a oportunidade de negócio para uma empresa que, recorrendo a sistemas flexíveis de fabrico computorizado, consiga produzir de acordo com as características de cada indivíduo. Qual será o futuro da ultra-costumização?

publicado por paradiselost às 16:03

Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

15
19
21

24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO