Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

03
Dez 08
O Dicionário Jornalístico Português, obra dos Arquivos da Academia das Ciências, foi digitalizado, sob o patrocínio do grupo Impresa, e vai ser apresentado por Francisco Pinto Balsemão, quinta-feira, dia 4, no Salão Nobre da Academia das Ciências, informa a Impresa em nota enviada às redacções.

A obra, da autoria de Augusto Xavier da Silva Pereira (1938 - 1902), é pertença da Academia das Ciências e corria o risco de se deteriorar e perder devido às dificuldades orçamentais para suportar os encargos necessário para a sua preservação.

O presidente da Academia das Ciências, Adriano Moreira, recorreu a Francisco Pinto Balsemão, para salvar a obra, que ajudou à sua digitalização, recorrendo a uma empresa especializada. Ao mesmo tempo, procedeu-se a um trabalho de indexação de todo o conteúdo, executado por um grupo de docentes da Universidade Autónoma de Lisboa, de modo a tornar mais simples e rápida a consulta.

A obra de Augusto Xavier da Silva Pereira está agora eternizada e será divulgada em DVD. Segundo adiantou ao M&P fonte da Impresa, o DVD não terá fins comerciais sendo apenas distribuído em bibliotecas e universidades.

O Dicionário Jornalístico Português é uma obra completa de todas as publicações periódicas editadas no espaço da língua portuguesa entre 1625 e 1889.

São 5.865 páginas manuscritas distribuídas por 13 volumes, onde se faz o levantamento e identificação de cerca de seis mil jornais que circularam em Portugal, Brasil (até à independência) e outros territórios ultramarinos em mais de dois séculos e meio.

A par dos títulos, é também feita uma cronologia da legislação da imprensa portuguesa.
publicado por Marco Freitas às 12:13

Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14
15
18
20

21
22
24
25
26
27

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO