Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

22
Jan 13

 

 

 

As eleições autárquicas que vão ter lugar no último trimestre do corrente ano vão trazer novos ventos à política local. Estes novos ventos dizem respeito à nova reorganização administrativa autárquica da responsabilidade do governo de coligação. No actual momento que o nosso país atravessa, não podemos ficar indiferentes ao desenrolar dos acontecimentos, temos a obrigação de exercer o nosso dever cívico e escolher os sucessores dos actuais governantes. Alguns vão poder recandidatar-se, mas uma grande maioria vai ter de abandonar a cadeira do poder, pelo menos durante um mandato. Depois podem até regressar. Contudo, as mudanças que se avizinham não se podem ficar pela forma. A grande mudança tem de acontecer ao nível do conteúdo, quer das políticas aplicadas, que da responsabilização dos agentes políticos. Alguns paradigmas já não fazem sentido, a população anda mais e melhor informada para fazer o juízo final e castigar nas urnas os maus executores dos dinheiros públicos.

As políticas de proximidade e de encontro às necessidades reais das populações não podem passar ao lado das agendas dos candidatos autárquicos. A grande proximidade existente entre eleitores e eleitos a esta escala responsabiliza ainda mais os futuros governantes. O distanciamento e o desprezo do poder central em relação à sociedade portuguesa é um mal a evitar nestas próximas eleições. A democracia deliberativa e a tomada conjunta de decisões com um maior envolvimento das pessoas constituem a chave dos enormes desafios que se avizinham, não só a nível nacional, mas também ao nível autárquico. Estejamos à altura dos desafios.

 

 

Jorge Paraíso

publicado por Marco Freitas às 10:07

Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
23
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contador de Visitas
Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO