Comunicar pode ser fácil... Se no tempo que a vida nos permite procurarmos transmitir o essencial, desvalorizar o acessório e contribuir, num segundo que seja, para que a mensagem se assuma como tal e não como um universo de segredos...

07
Set 11

 

 

(artigo publicado no DNM no dia 2 de Setembro)

 

Para uma região pequena e ultraperiférica como a nossa ser competitivo num mundo globalizado e concorrencial exige uma constante capacidade de se ultrapassar na ambição e na acção. Há que pontuar nos mercados internacionais pela diferença, pela inovação e pela resposta eficaz às demandas externas. Por isso, defendo que a Madeira tem tudo a ganhar com uma promoção integrada das suas mais valias.
Paradigma desta solução foi o envolvimento de um conjunto de parceiros regionais à passagem da regata Clipper Round the World pela Madeira e a forma como valorizaram a promoção de diferentes áreas de actividade.
A visão da Associação de Vela da Madeira e da a Marina da Quinta do Lorde contagiou os restantes parceiros que vieram a dar corpo ao eixo turismo-ambiente-negócios, assegurando uma promoção ampla da Região. A este juntou-se ainda a cultura, o objectivo formação e o contributo institucional da Marinha Portuguesa e do Governo Regional.

 

O empenho da Madeira nesta recepção marcou sobremaneira os tripulantes que por cá passaram e a Organização da regata. O que poderia ter sido um mero evento desportivo tornou-se numa oportunidade de comunicação a toda a largura da realidade regional. 
Há retornos imediatos, outros de médio e longo prazo. Mas, a principal ilação a retirar é que a Madeira pode fazer mais pela sua presença nos mercados internacionais e apresentar-se, como testemunhei nos muitos comentários dos que nos visitaram, "como uma ilha surpreendente".
A divulgação internacional da prova nos media, no site oficial e outros, nas redes sociais, vai ainda potenciar mais comunicação positiva para a Região. O facto da imprensa nacional ter ignorado a passagem pela Madeira da mais longa regata do mundo, por contraste com a imprensa local, é a única nota negativa a registar.

 

Marco Freitas

(artigo publicado no DNM)

publicado por Marco Freitas às 11:49

Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contador de Visitas
Sobre mim e autores
pesquisar
 
links
blogs SAPO